sábado, fevereiro 24

Ciro nega ida de Tarcísio para o Progressistas e defende Nunes em SP

O presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira (PI), negou nesta terça-feira (6) a ida do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, para a legenda. Para Nogueira, a ida de Tarcísio para o partido não seria ‘estratégico’. Como iG mostrou, o partido tem interesse em ter o chefe do Palácio dos Bandeirantes em seus quadros. As conversas estariam sendo intermedidas para senadora Tereza Cristina (Progressistas-MS).

Segundo o senador, a mudança de partido de Tarcísio poderia prejudicar a estratégia e acabar perdendo o apoio do Republicanos no futuro.

“O Tarcísio tem de ficar no Republicanos. Estrategicamente é importante. Se ele sai do Republicanos, vai perder o Republicanos? Não vejo sentido nisso”, afirmou aos jornalistas.

Embora negue a ida de Tarcísio para a legenda, Ciro Nogueira está de olho na movimentação. O governador paulista tem desavenças com o presidente do Republicanos, Marcos Pereira, após a nomeação de Jorge Wilson para a liderança de governo na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Além de Tarcísio de Freitas, o Progressistas quer encaminhar a filiação de Arthur Lima, secretário da Casa Civil no Palácio dos Bandeirantes. Nos bastidores, o governador é visto como o principal intermediador da ideia.

Nogueira disse defender a derrota de Boulos e lembrou das dificuldades enfrentadas pelo ex-presidente Jair Bolsonaro e Tarcísio de Freitas na capital paulista nas eleições de 2022.

“Eu defendo a derrota do Boulos. Acho muito difícil um candidato da direita ganhar uma eleição em São Paulo. Tarcísio perdeu aqui, Bolsonaro perdeu aqui (na capital). A melhor estratégia é um candidato de centro, com o apoio da direita. A solução mais fácil é o Ricardo. Ele tem direito à reeleição”, disse a um grupo de empresários.

Nunes tenta articular a ida do PL para sua chapa na disputa das eleições de 2024. O prefeito paulistano se reuniu com Bolsonaro e o presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, para debater o apoio.

Após o encontro, o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP) anunciou a desistência da candidatura. Ele seria o principal empecilho para a candidatura de Ricardo Nunes. (IG)

Fonte: Estação da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *